Blog

Em tempos de crise TST onera as empresas em mais de 35% ao alterar o índice de correção dos débitos trabalhistas para o índice do IPCA-E.

  Decisão do Tribunal Superior do Trabalho vai aumentar o custo de empresas que possuem dividas trabalhista. O tribunal decidiu que créditos trabalhistas devem ter a correção monetária baseada no IPCA-E (Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial) e não pela Taxa Referencial Diária (TRD),…

LINKS EXTERNOS